IEAD de Roo,MT

sábado, 4 de dezembro de 2010

Criança afirma ter ido ao céu, falado com Jesus e João Batista



Nos últimos dias tem se debatido muito, nos Estados Unidos, a história de Colton Burpo. Quando este filho de um pastor metodista do Nebraska tinha quatro anos (em 2003), teve uma apendicite que foi diagnosticada errada. Assim que os médicos descobriram o que havia ocorrido, ele foi submetido a uma operação de emergência. Ele não resistiu, disseram os médicos, e ele foi dado como morto.



Deitado na cama de um hospital, o menino narra que pode ver sua alma subindo até o céu. Ele descreve que viu e ouviu o que seu pai orava e o que sua mãe fazia nos corredores do hospital. Chegando ao céu, encontrou seu bisavô e conversou com a irmã mais velha que nunca conheceu, pois sua mãe teve um aborto espontâneo, assuntos que ele desconhecia até então.



Ele narra que viu e conversou com Jesus, que andava em um cavalo que somente ele podia montar. Descreveu ainda uma visão de Deus “muito grande”, sentado em uma cadeira muito alta. Depois de algum tempo no céu, tendo visões que se assemelham em muitos aspectos ao que diz o livro de Apocalipse e conversar com personagens bíblicos como João Batista, o menino voltou à Terra.



Ele reviveu e relatou tudo que experimentou ao pai, Todd, que decidiu registrar em um livro chamado “Heaven is for real” [O Céu é de verdade], lançado pela Thomas Nelson. O livro tem o prefácio de Don Piper, que também escreveu uma obra narrando como foi sua experiência no céu e que endossa o testemunho de Colton.



Este não é o primeiro livro escrito por pessoas que alegam ter visitado o céu. O que chama atenção é o fato de ser narrado por uma criança de quatro anos de idade. Segundo seu pai, muitas das coisas que ele narra não seriam possíveis para ele conhecer. Desde a história da perda da irmã no ventre materno até detalhes sobre a visão celestial que corroboram com a narrativa do apóstolo João no livro de Apocalipse.



No início desta semana o menino e o pai foram entrevistado pela rede americana Fox, no programa Fox & Friends (assista o vídeo). O que era para ser uma simples promoção de seu livro (qua acaba de ser lançado) se transformou quase imediatamente em uma controvérsia nacional. Centenas de sites e blogs reproduziram a entrevista, muitos elogiaram a emissora enquanto um outro grupo fazia pesadas críticas ao que consideram uma tentativa da direita cristã de impor sua agenda e usar o menino para isso. Os detalhes fornecidos pelo jovem Burpo de que todos são jovens no céu e que os olhos de Jesus são azuis criaram controvérsia também no meio religioso. O livro já tinha passado das 100.000 cópias vendidas antes de toda essa exposição de mídia e agora certamente irá ter uma procura ainda maior.









O QUE VOCÊ ACHA SOBRE ISSO? VERDADE, MENTIRA, OU UMA BELA ESTÓRIA SÓ PARA VENDER LIVROS?
***



Fonte: Gospel+ via Gospel Home Blog
"

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

domingo, 21 de novembro de 2010

sábado, 20 de novembro de 2010

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

4-cavalos-do-apocalipse GRANDE CONGRESSO DA UMADER - 19 A 21/11/2010 - PARTICIPE!"OgAAAMWlm3Ef1ER1ysMX4yCPXR66eL1XdEqDWZFZht0nLUba4-jvu0k76DES-NikbByRTR7ThZAMFmStKcYkjmDNeYAAm1T1UHtlnG~1

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Versículo do Dia

Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores.

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Pr. Silas Malafaia coloca 600 outdoors espalhados pelo Rio de Janeiro

Pr. Silas Malafaia coloca 600 outdoors espalhados pelo Rio de Janeiro: "
imagem apenas ilustrativa


Pr. Silas Malafaia coloca 600 outdoors espalhados pelo Rio de Janeiro
27/09/2010 12:32
http://www.vitoriaemcristo.org/_gutenweb/_site/img/aumenta_fonte.gif http://www.vitoriaemcristo.org/_gutenweb/_site/img/diminui_fonte.gif
“Em favor da família e preservação da espécie humana. Deus fez macho e fêmea.” A mensagem do pastor Silas Malafaia pode ser vista a partir desta segunda-feira, 27 de setembro, pelas ruas do Rio de Janeiro. São 600 outdoors espalhados pela cidade com o objetivo de defender os princípios cristãos e valorizar a família.

Existem movimentos na sociedade e leis perigosíssimas tramitando no Congresso Nacional e nas Assembleias Legislativas com o intuito de violentar os princípios cristãos. “Precisamos despertar para a gravidade dessa questão. Somente com Cristo é possível preservar os valores estabelecidos na Bíblia para a família. O povo de Deus tem papel fundamental na propagação dessa verdade. Não podemos olhar um quadro desafiador como esse e ficar de braços cruzados“, adverte o pastor.

'Uns cofiam em carros e cavalos, nós faremos menção do nome do Senhor'
"

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Pr. Silas Malafaia publica manifesto nos principais jornais do país

Pr. Silas Malafaia publica manifesto nos principais jornais do país: "


Inconformado com movimentos que tentam impedir a liberdade de imprensa,o pastor Silas Malafaia publica um manifesto nos principais jornais do Brasilnesta sexta-feira, 24 de setembro. Confira abaixo o texto na íntegra:


'MANIFESTO À NAÇÃO BRASILEIRA
Os evangélicos e a liberdade de imprensa


O povo evangélico, nos últimos vinte anos, tem sido alvo de incompreensões,calúnias,
discriminações e preconceitos em várias reportagens, tanto por jornais erevistas quanto por
rádio e televisão e até mesmo pela internet.

A conclusão que muitos poderiam chegar é que nós seríamos os maioresinteressados no
cerceamento da liberdade de imprensa e seu patrulhamento pelos órgãosgovernamentais.
ABSOLUTAMENTE NÃO! MIL VEZES NÃO!

Eu mesmo já sofri muito com o que acabei de relatar acima. Mas nem assim, tãosujeito a
ser caluniado, difamado ou incompreendido por meus atos e pelos princípios quedefendo,
posso concordar com qualquer movimento que venha impedir a LIBERDADE DA
IMPRENSA.

A imprensa livre é fundamental para a manutenção do Estado Democrático deDireito.
Só aqueles que querem sustentar ideologias ultrapassadas e antidemocráticasdesejam
exercer patrulhamento ideológico, cercear garantias individuais da cidadania etentar
colocar mordaça na imprensa.

Dentro de poucos dias, vamos ter direito a um dos atos mais importantes comocidadãos:
VOTAR e escolher os nossos representantes em Brasília e em nossos Estados.

Não podemos errar. Precisamos saber, com muita clareza, em quem votar, analisandoos
princípios defendidos pelos que pleiteiam cargos eletivos. E os órgãos deimprensa são
importantíssimos para ajudar em nossas análises e decisões. E isto só épossível com uma
imprensa livre e isenta.

Nem o Presidente da República, partidos políticos, líderes religiosos, qualquersegmento da
sociedade ou mesmo a imprensa são, isoladamente, os donos da opinião pública.

No dicionário Houaiss, há uma definição exemplar do que é opinião pública: “É oacordo da
totalidade, ou grande maioria, das opiniões de uma coletividade sobre questõesde interesse
geral”.

Não tenho autoridade para falar em nome de todos os evangélicos do Brasil querepresentam
aproximadamente 25% da população, mas tenho absoluta convicção de que a quase
totalidade é a favor de um ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO e, para isto, é
inconcebível ao nosso país não ter uma IMPRENSA LIVRE.

Pr. Silas Malafaia
'Uns cofiam em carros e cavalos, nós faremos menção do nome do Senhor'
"

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Viagem a Europa

Viagem a Europa: "SETEMBRO

Relatos e Diario do Missionario Eliel Amaral Soares deixando as terras americanas da Florida para a Europa. Sempre a Serviço do Rei.

Durante o mes de Setembro, Campanha de Oraçao e Jejum por uma Vida Consagrada no Exercicio do Ministerio.

Por motivos de Preparaçao e Agenda na Europa, nao fui ao Brasil para a Escola Biblica no Belem,SP
20 a 30 - Acompanhando pela Internet a Escola Biblica

OUTUBRO

07 - Viagem a Europa.
08 -Amsterdam, Holanda.

09 - Amsterdam, Holanda 10 a 18 - Casa da Casal Rodolfo e Pra Graicy em Amsterdam.
15 - Aniversario da Segunda Neta Sophia Soares Ferreira
20 a 22 - Bruxelas, Belgica

23 - Encontro de Casais
24 - Culto Dominical em Bruxelas, Belgica.
25 a 27 - Inglaterra, França e Belgica
28 a 30 - Seminario de Missoes em Bruxelas, Belgica.

A convite do Pr Geovane, Presidente da Igreja Assembleia de Deus na Belgica e com o auxilio do Pr Roberto Segundo, iremos a Bruxelas promover o Encontro de Casais e Seminario de Missoes.
Descobrindo a Bélgica

Como é a Bélgica que me espera? Essa pergunta me fiz antes de embarcar para esse pequeno país no último fim-de-semana. De fato, descobri que eu conhecia muito pouco sobre a Bélgica, até visitá-lo.
Primeiro, não existe um idioma belga. As pessoas falam dois idiomas: na metade norte do país, o holandês (mais puro que o da Holanda, sem misturas com o inglês); e na metade sul, o francês. A explicação está em que o país abriga duas comunidades de origens diferentes, a flamenga (ao norte) e a vala (ao sul).
Segundo, a Bélgica é reconhecida como sendo o verdadeiro país das batatinhas fritas (e não a Holanda, nem a França). Também é o país da cerveja (dizem haver um tipo diferente para cada dia do ano), como também do chocolate (mais forte e amargo do que o suíço).
A Bélgica é um país que parece ser formado por uma mistura de outros países e culturas, principalmente da Holanda, França e Alemanha. Em área, é um pouco menor do que a Holanda; é também menos populoso, tendo em torno de 10 milhões de habitantes, enquanto que a Holanda tem 16. A arquitetura belga recebeu muita influência da Holanda, mas é mais diversificada. Os prédios antigos são estreitos e retangulares, com grandes janelas, como na Holanda. Tem, também, muitas igrejas e prédios, muitos deles públicos, em estilo romano e gótico. Encontram-se, ainda, alguns prédios em estilo clássico, com grande colunas, como a Bolsa de Valores de Bruxelas.
No período entre os séculos XVI e XVIII, a Bélgica pertenceu ao Império Espanhol. Em 1815, o país foi anexado à Holanda; 16 anos depois, em 1831, tornou-se independente. Atualmente, Bélgica, Holanda e Luxemburgo formam o Benelux, que constitui uma região sem barreiras alfandegárias.
Uma estranha peculiaridade do povo belga é a diferença entre a cultura do norte e do sul do país. A proximidade com outros países, assim como o clima e a trajetória histórica, influenciaram de forma diferente cada região (como também acontece e pode ser percebido no Brasil, com suas diferentes regiões e sub-regiões). Na metade norte da Bélgica, mais próxima da Holanda, a maioria das pessoas fala inglês, além de holandês e francês. Já na metade sul, mais próxima da França, eles gostam mesmo é do francês e não se interessam muito por outros idiomas, inclusive o holandês e inglês.
Nas escolas belgas, é obrigatório o ensino dos dois idiomas mais falados, francês e holandês, além de um terceiro, que pode ser inglês ou alemão. Percebe-se, assim, que os belgas constituem um povo bastante aberto ao mundo, e culto.
Mas nem todos são bilíngües. Há cerca de um ano atrás, aconteceu um acidente de trens porque os motoristas não conseguiram se comunicar pelos fones. Um deles falava somente holandês, e o outro, francês; não se entenderam e o resultado foi que os trens acabaram se chocando de frente, e sete pessoas foram mortas, além de muitos outros prejuízos.
Visitei três cidades na Bélgica: Bruxelas, Bruges e Gent.

Bruxelas
Bruxelas é a capital da Bélgica; é também a cidade mais populosa do país; tem ares de cosmopolita, com muitos empreendimentos e prédios modernos. Há alguns anos, refletindo a predisposição do povo belga para a mudança, arrojo e abertura para a Europa e o mundo, Bruxelas assumiu o papel de Centro da União Européia.
Mesmo sendo uma cidade grande, Bruxelas carrega muito da história do país e da Europa nos seus prédios antigos, ainda que alguns estejam mal conservados. O melhor da sua arquitetura está no centro da cidade.
A Grandplace, ponto famoso da cidade, é uma espécie de praça circundada por prédios antigos, em estilo barroco. No século XII, era o centro político e econômico da cidade. Em 1695, a praça foi destruída e levou 4 anos para ser reconstruída, ficando novamente pronta em 1700. Hoje, alguns prédios servem de sedes do governo, de museus, hotéis e lojas. Realmente, a praça é surpreendente; e os prédios, maravilhosos. De noite, a praça ganha um clima muito especial com a iluminação dos prédios e o show de luzes. Também é comum ocorrerem apresentações culturais e shows de música, como pode ser visto por imagens seguintes. Durante a noite, o centro de Bruxelas é muito movimentado, com muitos turistas circulando. Existem variados bares, restaurantes, pubs e discotecas, para todos os gostos .
Uma curiosidade em Bruxelas é o Manneken Pis Fountain, que é uma pequena estátua de bronze com um menininho urinando, que data de 1619. Existem várias lendas a respeito da estátua, que até já virou ponto turístico importante. De qualquer forma, me lembrei de um boneco que existia no Brasil quando eu era criança, chamado Manequinho. Agora descobri o porquê do nome.
Outra beleza de Bruxelas é a Cathedrale Saint-Michel; foi iniciada em 1220, em estilo gótico. Os vitrais, do século XVI, são lindos. Para quem gosta de museus, no Parque do Cinqüentenário existe um museu sobre a história militar do país, outro museu sobre a história da arte belga, e mais outro de automóveis.
INGLATERRA
DADOS PRINCIPAIS:
Área: 130.395 km²Capital: LondresPopulação: 50,76 milhões (estimativa 2006)Densidade demográfica: 388 hab/km2Nome Oficial: InglaterraNacionalidade: inglesaGoverno: Monarquia ParlamentaristaDivisão administrativa: regiões, condados, distritos e paróquiasGEOGRAFIA:
Mapa da InglaterraLocalização: EuropaCidades Principais: Londres, Birmingham, Liverpool, Manchester, Leeds e SheffieldClima: temperado oceânico
DADOS CULTURAIS E SOCIAIS:
Idioma: inglês (oficial)Religião: cristianismo 80% , islamismo 11%, sikhismo 4%, hinduísmo 2%, judaísmo 1%, outras 2%IDH (Índice de Desenvolvimento Humano): 0,940 (padrão elevado)ECONOMIA:
PIB (Produto Interno Bruto): US$ 1,9 trilhões (2006)Renda per Capita: US$ 38.000Principais atividades econômicas: indústria, finanças, turismo e comércio exterior.Principais produtos exportados: produtos químicos, automóveis, têxteis, aeronaves, produtos de metal, máquinas.Principais produtos agrícolas produzidos: cereais, trigo, aveia, centeio.Moeda: libra esterlina

PRINCIPAIS PONTOS TURÍSTICOS:
- Broadway Tower- Sítios Arqueológicos- Creswell Crags (desfiladeiro)- Palácio de Buckingham- Trafalgar Square- Stonehenge- Big Ben- Museu de Londres- Globe Teathre- Tate Gallery- Abadia de Westminster- Casas do Parlamento- Museu de Cera Madame Tussaud- Palácio de St. James- Tower Bridge- London Eye- Torre de Londres- National Gallery- Hyde Park


NOVEMBRO
01 a 15 - Novembro Espanha e Portugal. Pr Ednaldo Pires, Rute Alicio.
25 - Thanksgiving Day - Açao de Graças
Sao Paulo e Rio de Janeiro

Fernandopolis
Presidente Prudente
Pacaembu
Araçatuba
Oswaldo Cruz
Adamantina
Dracena
3 Lagoas
Alvares Azevedo
Outras Cidades da Regiao.
Obrigado pela sua amizade por seus recados e, pelo refrigerio e conforto de saber que os nossos atos e trabalhos são reconhecidos.

2009 - Ano da Esperanca.

365 dias de felicidades e das bençãos de Deus.
52 semanas de saúde e prosperidade;
12 meses de amor e carinho;
8760 horas de paz e harmonia;
86.400 minutos de credito e muito disposição para a vida
Que este ano você tenha

2009 motivos para sorrir e ter esperanca...
"

sábado, 31 de julho de 2010

A Fé Que Aguarda A Vinda Do Senhor

A Fé Que Aguarda A Vinda Do Senhor: "

Sede, pois, irmãos, pacientes, até à vinda do Senhor. Eis que o lavrador aguarda com paciência o precioso fruto da terra, até receber as primeiras e as últimas chuvas. (Tg 5:7)

Um dos assuntos mais comentados pelos cristãos de todos os tempos refere-se à volta de Cristo. A Bíblia Sagrada é riquíssima em detalhes sobre esse grande evento que ocorrerá neste planeta. Para os cristãos fiéis, o retorno de Jesus será o dia mais glorioso, quando terá início o desenrolar definitivo de uma nova era de paz. A volta do Senhor Jesus será pessoal, visível e audível. Em Lc 21:27, é-nos dito que Jesus virá com poder e grande glória. Será algo jamais visto, ouvido e sentido por alguém, e a espera por esse dia deve fazer-nos aguardá-lo com toda diligência, na certeza de que esse glorioso dia vai chegar; afinal, essa promessa não foi feita por qualquer pessoa, mas pelo próprio Senhor Jesus (Jo 14:1-3).

É importante afirmar que a vinda de Cristo também foi profetizada por Enoque, quando ele disse que o Senhor virá com milhares de seus anjos (Jd 14-15), sendo que a Bíblia afirma, em Apocalipse 1:7, que ele vem sobre as nuvens e todo olho o verá, cada qual a seu tempo. Que Deus dê a cada um de nós a graça de participar, com alegria, desse grande dia. Neste estudo, o apóstolo Tiago nos ensinará que precisamos manter uma fé perseverante que nos capacite a aguardarmos a volta do Senhor Jesus.

I - ENTENDENDO A MENSAGEM

Como já demonstrado em artigos anteriores, o apóstolo Tiago foi usado pelo Espírito Santo para orientar os cristãos de sua época, e, por extensão, os da atualidade, sobre vários aspectos da vida cristã; no trecho em estudo (Tg 5:7-12), ele alerta seus leitores sobre a importantíssima volta do Senhor. O escritor sagrado orienta os irmãos a aguardarem com paciência a volta de Cristo, não querendo dizer, contudo, que eles deveriam ficar parados esperando o tempo passar; pelo contrário, eles deveriam buscar forças em Deus, a fim de que pudessem continuar firmes na jornada da fé.

O apóstolo declara: Sede, pois, irmãos, pacientes, até à vinda do Senhor (Tg 5:7a). Ser paciente é ter a capacidade de suportar, de perseverar firme diante das lutas e das dificuldades; é manter-se em constante fidelidade e comprometimento com Deus e sua palavra. Quando Tiago diz que os irmãos precisam ser pacientes até a vinda de Jesus, deixa patente que existe um intervalo, um período que os separa, até o aparecimento do Senhor, e é justamente nesse intervalo que eles devem estar de prontidão, isto é, em total alerta e submissão aos ensinamentos divinos. A expressão “Sede pacientes” é makrothymía, em grego, que significa “grande disposição”, revelando uma disposição que não se abate nem mesmo diante das piores catástrofes da vida.

Os ricos ímpios que os maltratavam, impondo-lhes sofrimentos e humilhações (Tg 5:1-6), não deveriam servir de desculpas para possíveis desesperanças, uma vez que o juiz está às portas para julgá-los (Tg 5:9b – cf. Mt 24:37-39). Tiago quer que os irmãos estejam certos de que a justiça divina está próxima, e por essa razão, não haveria motivos para impaciências. É nesse contexto que o apóstolo oferece o exemplo da paciência do lavrador que espera o fruto da terra (5:7b). Ele mostra que, para tudo, existe um tempo, e que nada deve ser atropelado. Segundo Champlin na Palestina as primeiras chuvas ocorriam nos fins de outubro e começo de novembro, cujo objetivo era fazer com que a terra ficasse úmida para germinar as sementes recém plantadas. As últimas chuvas ocorriam entre abril e maio na primavera, as mesmas eram necessárias a fim de que a semente amadurecesse [1]. Assim como os lavradores esperavam e dependiam das chuvas para a sua sobrevivência, como ocorre até os dias de hoje, aqueles irmãos deveriam aguardar, com paciência, a volta do Senhor Jesus Cristo, sem reclamação, sem lamentação, com regozijo, com muita alegria.

Tiago exorta os irmãos a, além de aguardarem com paciência, fortalecerem seus corações, pois a vinda do Senhor está próxima (5:8b). O termo grego usado para “vinda” é parousia, que, no Novo Testamento, significa “a presença ou a aparição do Senhor ressurreto que virá em glória”. Em outras palavras, aqueles fiéis não foram encorajados a aguardar qualquer pessoa, mas alguém que virá em glória e poder. Daí a necessidade de levarem a sério a perseverança, enquanto esperavam a volta de Cristo. Quem virá é o Rei da Glória! E, no tempo em que Tiago escreveu sua epístola, os escritores sagrados acreditavam estar vivendo os últimos dias da história, e, por isso, instavam seus leitores a estarem preparados, apegados à prática da palavra de Deus e com toda fé e ânimo na volta gloriosa de Cristo.

Evidentemente, hoje, há, aproximadamente, dois mil anos depois de Tiago, cá estamos nós, com a mesma certeza e convicção de que Jesus Cristo vai voltar brevemente para buscar a sua igreja querida. É bom que ninguém duvide, pois, em Mt 24:4-14, o próprio Cristo relata os acontecimentos dos finais dos tempos dizendo que surgiriam falsos cristos, guerras, fomes, pestes, terremotos em vários lugares, falsos profetas e tantos outros sinais. Estamos vivendo tudo isso que Jesus predisse! Mais do que antes, é preciso perseverança na fé: aquele que perseverar até o fim será salvo (Mt 24:13).

A volta do Senhor deveria ser o mais alto anelo daqueles cristãos; entretanto, eles ainda não haviam sido plenamente transformados, e, como nós, dependiam exclusivamente da graça e do amor de Deus para evitarem erros e fracassos a que estavam sujeitos. Em razão disso, o apóstolo Tiago os orientou a não se queixarem injustamente dos seus irmãos, a fim de não serem julgados pelo Juiz que está às portas (Tg 5:9). Tiago viu que muitos irmãos, oprimidos pelos ricos, ignorando que o juízo divino chegaria, estavam descarregando suas amarguras em outros irmãos em igual situação. Não podendo atingir os opressores, queixavam-se dos oprimidos, aumentando a sensação de injustiça geral. O apóstolo percebeu que a queixa injustificada e persistente pode levar a julgamentos injustos. A respeito disso, Paulo nos ensina a suportarmos o nosso irmão em amor e a sermos pacientes na tribulação (Ef 4:2; Rm 12:12). Por sua vez, o Senhor Jesus declara que, para que não sejamos julgados, é melhor que não julguemos a quem quer que seja (Mt 7:1), a não ser pela reta justiça (Jo 7:24).

Para mostrar que vale a pena todo e qualquer tipo de sacrifício que resulte na participação feliz que a volta do Senhor proporcionará aos obedientes, Tiago busca referência nos profetas do Antigo Testamento que foram pacientes e não se furtaram a pregar a Palavra e a falar em nome de Deus (Tg 5:10). Para cumprir essa missão, entretanto, eles foram perseguidos, mas se mantiveram fiéis, honrando, com suas próprias vidas, o nome do Senhor (cf. Am 5:10; Jr 2:30; Ne 9:26; Mt 5:12; At 7:52). A perseverança e a paciência dos profetas deveriam servir de exemplo de fé e de coragem para aqueles irmãos e para todos nós, pois eles nunca desistiram do ideal que tinham a cumprir. Deus espera de nós, seus filhos, a mesma postura. Infelizmente muitos têm vacilado na fé e fracassam; se estes se arrependerem, porém, Jesus está pronto a ajudá-los e a fazer-lhes vencedores outra vez.

Além de usar o exemplo de fé viva e verdadeira dos profetas, o apóstolo Tiago foi buscar inspiração na vida de Jó, homem que soube suportar as provações e as aflições, mediante a paciência e a fé no Deus Todo-Poderoso (5:11). Diante do terrível sofrimento por que passou, e muito embora tenha reclamado algumas vezes, ele jamais abandonou a fé em Deus; pelo contrário, apegou-se mais ao Senhor e soube esperar no seu criador, conforme lemos em Jó 1:21: ... e disse: Nu saí do ventre de minha mãe e nu voltarei; o SENHOR o deu e o SENHOR o tomou; bendito seja o nome do SENHOR!. E em Jó 2:9-10: Então, sua mulher lhe disse: Ainda conservas a tua integridade? Amaldiçoa a Deus e morre. Mas ele lhe respondeu: Falas como qualquer doida; temos recebido o bem de Deus e não receberíamos também o mal? Em tudo isto não pecou Jó com os seus lábios.

Assim como Jó teve um final de vida feliz, restaurando Deus a sua saúde, a sua família e as suas riquezas (Jó 42:12-16), em razão de sua lealdade e de sua fidelidade, o Senhor deseja conceder uma vida com final feliz para todos aqueles que não negarem o seu nome, e, com paciência, perseverarem na obediência e na fidelidade a sua Palavra. Serão bem-aventurados, receberão a misericórdia e a compaixão do Senhor (Tg 5:11) e ouvirão dele: Vinde, benditos de meu pai, possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo (Mt 25:34). A estes, Tiago exorta a permanecerem firmes na esperança da volta de Cristo, sem usarem irreverentemente o seu santo nome e sem empenharem as suas próprias palavras por coisas que não podem cumprir, pois tal atitude se constitui pecado e pode levá-los à condenação (Tg 5:12).

II - APLICANDO O CONHECIMENTO EM NOSSA VIDA

Pela fé, devemos estar preparados para a volta do Senhor - Diante das opressões da vida, alguns leitores de Tiago fraquejaram e passaram a viver uma fé desordenada: impaciência, fraqueza de fé, queixas injustas, julgamentos injustos e palavras não cumpridas viam-se entre eles. Distraídos pelas tribulações, esqueceram que há um dia para o acerto de contas. O apóstolo admoestou-os a mudarem de atitude, a fim de não serem julgados e condenados, no dia da vinda do Senhor (Tg 5:9,12).

Não é de qualquer maneira que teremos um encontro feliz com o Senhor Jesus. A parábola das dez virgens deixa bem claro que é preciso preparo, pois ninguém sabe o dia e nem a hora em que o Senhor virá para buscar a sua noiva; a única coisa certa é que devemos estar preparados para que este dia não nos pegue de surpresa (Mt 25:1-13). O apóstolo Pedro garante que Jesus virá como o ladrão que não avisa a ninguém (II Pe 3:10), confirmando o que lemos em I Tessalonicenses 5:2-6: ... porque vós mesmos sabeis muito bem que o Dia do Senhor virá como o ladrão de noite, Pois que, quando disserem: Há paz e segurança, então, lhes sobrevirá repentina destruição, como as dores de parto àquela que está grávida; e de modo nenhum escaparão. Mas vós, irmãos, já não estais em trevas, para que aquele Dia vos surpreenda como um ladrão; porque todos vós sois filhos da luz e filhos do dia; nós não somos da noite nem das trevas. Não durmamos, pois, como os demais, mas vigiemos e sejamos sóbrios.

Prezado leitor, será que, devido às tribulações da vida, você não está vivendo uma fé demasiadamente descompromissada com a palavra de Deus e, conseqüentemente, aproximando-se demais do padrão de vida do mundo? As lutas estão lhe esfriando a fé? E o que é pior: Não estaria você desejando ardentemente as coisas mundanas, achando que o mais importante é viver o momento, desfrutar dos prazeres pecaminosos? Vivendo assim, seu encontro com o Senhor não será nada feliz. Como conhecedor das verdades bíblicas, você deve estar atento, para não cair no laço do diabo e sofrer as dolorosas conseqüências. Para que você não seja julgado e condenado na volta de Cristo, prepare-se! Comece a colocar em prática, hoje mesmo, estas palavras de Cristo: Acautelai-vos por vós mesmos, para que nunca vos suceda que o vosso coração fique sobrecarregado com as conseqüências da orgia, da embriaguez e das preocupações deste mundo, e para que aquele dia não venha sobre vós repentinamente, como um laço. Pois há de sobrevir a todos os que vivem sobre a face de toda a terra. Vigiai, pois, a todo tempo, orando, para que possais escapar de todas estas coisas que têm de suceder e estar em pé na presença do Filho do Homem. (Lc 21:34-36)

Pela fé, devemos aguardar com esperança a vinda do Senhor - A opressão infligida pelos ricos estava deixando muitos irmãos desesperados; cada vez mais os oprimidos tinham menos recursos e os opressores, mais. Como disse Asafe: Eis que são estes os ímpios; e, sempre tranqüilos, aumentam suas riquezas (Sl 73:12). A falta de recursos materiais afetou a vida espiritual dos irmãos, causando-lhes a sensação de injustiça generalizada. Então Tiago lhes garantiu: Eis que o juiz está às portas (Tg 5:9). Com isso concorda o escritor aos Hebreus: Porque ainda um poucochinho de tempo, e o que há de vir virá e não tardará (10:37). Essa deve ser a nossa esperança. A nossa fé, como a dos demais cristãos fiéis que aguardam, com esperança, a volta do Senhor, deve estar robustecida e viva, assim como Jesus Cristo, que vive e está à direita do Pai, aguardando somente o momento de vir buscar o seu povo para estar sempre ao seu lado. Brevemente, aparecerá, no céu, o sinal do Filho do Homem vindo sobre as nuvens, a fim de colher os seus escolhidos, nos quatro cantos da terra. Enquanto muitos colocam suas expectativas nos bens desta terra, nós devemos estar aguardando a bendita esperança e a manifestação da glória do nosso grande Deus e Salvador Cristo Jesus (Tt 2:13).

Portanto, sempre que os ricos ímpios nos oprimirem e oprimem a nosso povo, criando a sensação de que a injustiça e a corrupção são invencíveis, causando, em nosso coração, nervosismo, queixas, desesperanças, vontade de fazer justiça com as próprias mãos, lembremo-nos: Eis que o juiz está às portas! Confie e espere no Senhor! (Sl 37:3-5) Ele fará sobressair a tua justiça como a luz e o teu direito, como o sol ao meio-dia (Sl 37:6). Saiba que a nossa pátria está nos céus, de onde também aguardamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo, o qual transformará o nosso corpo de humilhação, para ser igual ao corpo da sua glória, segundo a eficácia do poder que ele tem de até subordinar a si todas as coisas (Fp 3:20).

Desta forma, nós devemos investir a nossa vida e a nossa esperança no reino dos céus, onde está a nossa pátria e onde ninguém poderá roubar nada do que é nosso (Mt 6:19-20). Estejamos firmes nesse propósito.

Pela fé, devemos aguardar, em obediência, a vinda do Senhor - A opressão dos ricos havia causado desesperança, e esta, desobediência; uma frieza quanto à prática da palavra de Deus tomou conta da vida de muitos irmãos. Foi quando Tiago alertou: a vinda do Senhor está próxima (Tg 5:8). Havia o perigo iminente de muitos serem pegos em total desobediência aos mandamentos de Deus.

Amados, brevemente, veremos o céu sendo enrolado, os anjos de Deus tocando a trombeta; presenciaremos o Filho do Homem vindo sobre as nuvens dos céus, com toda glória e autoridade, para arrebanhar seus servos e suas servas que vivem na face da terra. Para os obedientes, será um dia em que a perpétua alegria lhes coroará a cabeça; o regozijo e a alegria os alcançarão, e deles fugirão a dor e o gemido; sobre os que em Sião estão de luto [se lhes dará] uma coroa em vez de cinzas, óleo de alegria, em vez de pranto, veste de louvor, em vez de espírito angustiado; a fim de que se chamem carvalhos de justiça, plantados pelo SENHOR para a sua glória (Is 51:11, 61:3); mas, para os desobedientes, um dia de alvoroço, de atropelamento e confusão é este da parte do Senhor; dia de indignação, dia de angústia e dia de alvoroço e desolação, dia de escuridade e negrume, dia de nuvens e densas trevas (Is 22:5; Sf 1:15).

Para que encaremos esse dia com alegria e regozijo, precisamos obedecer ao Senhor e a sua palavra. Jesus chama de bem-aventurado aquele servo que, quando ele voltar, achar fazendo assim (Mt 24:46). Nossa vida deve ser santa, piedosa, imaculada e irrepreensível (II Pe 3:11-14). Portanto, enquanto o Senhor permitir que vivamos nesta terra, devemos continuar obedecendo aos seus mandamentos e aos seus preceitos, sem jamais desviarmos os nossos passos, pois obedecer-lhe não é algo impossível, uma vez que tudo posso naquele que me fortalece (Fp 4:13). Paulo pediu a Timóteo: ... guardes o mandato imaculado, irrepreensível, até à manifestação de nosso Senhor Jesus Cristo (1 Tm 6:14). Essa recomendação paulina serve para nós, cristãos da atualidade, que, em vez de tristeza e dor, queremos alegria e prazer, quando nos encontrarmos com o Senhor.

CONCLUSÃO

A fé que deve nos sustentar firmes até a vinda do Senhor Jesus Cristo não deve, em hipótese alguma, estar firmada nas coisas que se vêem, mas, sim, naquelas que não se vêem, pois lutamos e buscamos aquilo que não vemos na nossa dimensão, que é a nossa morada celestial. Tamanha e indescritível será, para todos os santos, a alegria daquele dia em que o Filho do Homem aparecerá nas nuvens dos céus, com milhares de seus anjos. Então, nós o veremos face a face: Amados, agora somos filhos de Deus, e ainda não é manifesto o que havemos de ser. Mas sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele; porque assim como é o veremos (1 Jo 3:2).

Temos, portanto, um desafio pela frente, que é vivermos e praticarmos tudo o que foi ensinado no presente estudo. Nada neste mundo deve ofuscar a nossa esperança de estarmos de pé naquele grande dia. A mesma certeza que os irmãos da igreja primitiva tinham, em relação à volta do Senhor, nós também devemos ter.

Que o Espírito Santo sempre conserve em nós o desejo de nos encontrarmos com o nosso Salvador, como foi prometido, quando de sua ascensão aos céus: E, estando eles com os olhos fitos no céu, enquanto Jesus subia, eis que dois varões vestidos de branco se puseram ao lado deles e lhes disseram: Varões galileus, por que estais olhando para as alturas? Esse Jesus que dentre vós foi assunto ao céu virá do modo como o vistes subir. (At 1:10-11)


Referências Bibliográficas:

--------------------------------------------------------------------------------

[1] CHAMPLIN, R. N. O Novo Testamento Interpretado Versículo por Versículo. São Paulo: Candeia, 1995, vol. 6, p. 76.

***


Fonte: Texto de autoria da Pr. Izaias dos Reis - Estudo sobre a fé baseado na epístola de Tiago - Reproduzido e divulgado no PC@maral
"

sexta-feira, 30 de julho de 2010

(título desconhecido)

(título desconhecido): "
FRUTO DO ESPÍRITO

'Mas o fruto do Espírito é: o amor, o gozo, a paz, a longanimidade, a benignidade, a bondade, a fidelidade, a mansidão, o domínio próprio' (Gálatas 5:22, 23).

Textos adicionais:

Gálatas 5:19-23;

Efésios 2:1;

João 15:1-11.

















Mensagem


Primeira Árvore

(Coloque a árvore seca sobre a mesa, diante dos presentes. Mantenha as outras duas árvores ocultas.)

Esta árvore representa uma pessoa que não tem Jesus no coração. Veja como se parece com galhos secos. Efésios 2:1 e Gálatas 5:19, 20 descrevem a vida de uma pessoa assim (ler as passagens enquanto mostra as folhas secas, apresentando que tipo de atitudes mantém tal pessoa: ódio, brigas, mentira, inveja, etc.). A seguir, oculte essa árvore.

Segunda Árvore

(Mostre a árvore com folhas verdes.)

Esta árvore representa uma pessoa cristã. Veja como tem folhas verdes! Quando a árvore tem este aspecto, é sinal de que está viva. Essa pessoa foi purificada de seus velhos pecados – ira, inveja, etc. (aponte para a árvore), mas não vemos frutos nela. Oculte essa árvore também.

Terceira Árvore

(Mostre a árvore com os galhos e com muitas folhas, mas sem as balas de goma ainda.)

Vejam! Nesta árvore há uma diferença! (Cole – ou amarre – uma bala em um dos galhos.) Este cristão está dando frutos porque permanece perto do Pai celestial (mencione João 15).

(À medida que os frutos estiverem sendo colocados na árvore, mencione que uma pessoa assim produz o verdadeiro fruto do Espírito, com todas as qualidades descritas em Gálatas 5:22, 23.)

NOTA: para deixar a árvore repleta de 'frutos', você pode colocar várias balas enquanto apresenta cada fruto.

1. Amor – Ele ama a Cristo e a seus semelhantes.

2. Alegria – Contagia outros com a sua alegria e dá testemunho da alegria que sente por ser um cristão.

3. Paz – Ele confia em Deus e entrega suas preocupações a Ele. Quando sente medo, refugia-se em Deus e em Cristo.

4. Longanimidade – Quando outras pessoas ficam iradas com ele ou se opõem ao que ele diz, ele não se irrita nem se enfurece.

5. Benignidade Ele nunca é rude ou descortês – é bondoso para com todos.

6. Bondade – Ele está sempre disposto a ajudar os outros.

7. Fé – Crê que Cristo pode salvá-lo. Ora, lê a Bíblia e deposita sua confiança em Cristo.

8. Mansidão – Possui domínio próprio porque entregou o controle de sua vida a Cristo.

9. Temperança – Procura comer, beber de acordo com os princípios bíblicos e age equilibradamente em tudo o que faz. Nunca participa de nada que lhe é prejudicial.

Coloque a tira com o nome JESUS no topo da árvore (se necessário, cole-a com antecedência sobre um papelão para não dobrar). Este é o tipo de cristão que devemos ser – aquele que dá frutos e que permite que Cristo seja visto em sua vida.

REFLEXÃO PARA CRIANÇAS

Uma criança que ama Jesus é aquela que conta aos amiguinhos tudo o que sabe sobre Ele, não somente através das suas palavras, mas através das suas brincadeiras, dos seus gestos e atos de bondade. Que tipo de criança é você? Com qual árvore você se parece? Com a árvore seca? Com a que só faz sombra? Ou com a que faz sombra, dá frutos e alimenta?

APELO

Quantos querem ser uma árvore bem bonita? Só Jesus pode nos ajudar a sermos esta bela árvore que dá muitos frutos - aquelas qualidades a que a Bíblia dá o nome de 'Fruto do Espírito'.


Você também encontra muitos recursos para sua aula neste site:

Material Didático para cultinho


"