Igreja IEAD-Roo,MT

quarta-feira, 28 de julho de 2010

Os Quatro Amigos de um Paralítico

Os Quatro Amigos de um Paralítico: "
No evangelho de Marcos, capitulo dois, encontramos uma comovente história: Jesus estava em sua casa, na cidade de Cafarnaum, ministrando a um grande numero de pessoas. Quatro amigos resolveram levar um paralítico, para que recebesse a cura. A casa estava repleta e não puderam entrar pela porta. Destelharam, então, o telhado e baixaram o pobre homem próximo de onde estava Jesus.

Naquele instante, o homem recebeu dois tipos de cura: A espiritual foi a primeira, quando ouviu do Mestre: Filho, os teus pecados estão perdoados, e a física, quando com autoridade Jesus lhe disse: Levanta-te, toma o teu leito e vai para a tua casa.

Mas, não basta conhecer o milagre, é preciso mergulhar na história e perceber os detalhes. Quando olhamos para os quatro amigos, podemos ver muitas virtudes:

Amor, com certeza, foi a motivação primária. Ninguém sem amor, lembraria de alguém que estivesse sofrendo. Basta percebermos que a casa estava repleta de pessoas, mas quem lembrou do paralítico?

Esforço e Resignação estavam presentes: Carregar um paralítico com cama e tudo, o que não é para qualquer um, e ainda puxar o homem para cima e descobrir o telhado são atitudes de quem realmente está disposto a tudo.

Diligência foi outra qualidade: Para carregar um paralitico e fazê-lo descer por cima do telhado, justamente onde Jesus estava, com uma multidão embaixo, foi necessário muito cuidado.

Companheirismo, não poderia esquecer isso: O trabalho exigia uma equipe. Muitas coisas conseguimos resolver sozinhos, mas não todas, temos de ser humildes o suficiente para dizermos: “Por favor, me dê uma mãozinha”. Mas, no texto Bíblico, percebemos a qualidade fundamental para que o milagre ocorresse, a .

A que foi percebida foi a dos amigos e não a do paralítico: E Jesus, vendo-lhes a fé... É, sem dúvida, no terreno da fé que brotam as maravilhas de Deus. Quanta alegria tiveram aqueles quatro amigos, quando viram o paralítico levantar-se, carregar a cama e ir para casa; e tudo isso de camarote, de cima do telhado. Sorrisos largos e corações cheios de hosanas, de glórias a Deus, foram o que tiveram.

Se perguntar não ofende, então responda, querido leitor: Você já teve um encontro com o Cristo que morreu e hoje vive? Se, sua resposta foi já, quantos você tem levado a presença do Salvador? Se ainda não levou uma alma, não se preocupe: Aprenda com os quatro amigos do paralítico. Você está atrasado apenas dois mil anos em relação à história.

Que Deus nos ajude a cumprir a nossa parte na missão de alcançar vidas para o reino de Deus.

Deus nos abençoe!

***

PC@maral
"

Nenhum comentário: